terça-feira, 18 de abril de 2017

Menina uva

Há mais de um ano que não apareço aqui. 2016 foi um borrão que passou por mim e eu nem percebi. Aconteceu coisa pra caralho. E esse blog meio que contou uma parte dessa história, todos esses anos.

Como eu cresci. Como eu criei uma casca bem grossa.

Tão grossa que acho bem difícil alguém perfurar. Eu, minha casca, meus cabelos cor de uva.

Panci se foi em 2015. Ainda sinto muita falta dela.

Hoje estão comigo: Ninica, Chiq e Nana. Muito amor felino.

Eu mudei de casa. Hoje moro na casinha dos sonhos. Que bom que eu tenho isso pra me acalentar. Porquê o resto... foi só um remendo de ilusão que me arrastou por anos.

Mas acabou. Como tudo na vida.

Eu amadureci? Pergunto pra mim mesma.

Meus cabelos de menina de 15 anos dizem que não. Mas tá tudo bem agora, quando eu escolho amar eles, entre tantas coisas que eu amo muito mais hoje do que ontem, em mim mesma.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Comentários.